18 de agosto de 2019
  • 16:39 COMPETÊNCIAS TRANSVERSAIS PARA SE DESTACAR NO MERCADO DE TRABALHO
  • 17:26 EMPLOYER BRANDING: A FORÇA DA MARCA EMPREGADORA
  • 16:24 MELHORES ATITUDES NA ENTREVISTA DE EMPREGO PARA POTENCIALIZAR NOVAS OPORTUNIDADES
  • 14:49 O FUTURO DO TRABALHO E A GESTÃO DE PESSOAS
  • 08:34 ASSESSMENT: FERRAMENTA FUNDAMENTAL PARA GESTÃO DA CARREIRA

Avaliar a própria carreira e planejar os próximos passos deve ser uma prática contínua para todos os profissionais. Mas quando um ano termina e o outro está começando, este tipo de movimento torna-se ainda mais fundamental.

Esta época do ano é propícia para dar uma parada, analisar os resultados obtidos e traçar as metas para os meses que vêm pela frente. Se você ainda não fez isso, comece já que ainda dá tempo de mudar muita coisa para 2019!

Avalie o ano anterior

Antes de partir para o planejamento para 2019, é importante primeiro refletir sobre o que ocorreu em 2018 e fazer algumas perguntas para si mesmo.
– Conquistou os resultados que esperava durante o ano?
– Está satisfeito na posição que ocupa e na empresa onde está? Quer crescer dentro desta mesma área e organização?
– Pretende fazer uma reviravolta completa, de segmento de atuação e de local de trabalho?
– Ou então quer sair completamente do mundo corporativo e se tornar um empreendedor?
Questões como estas precisam ser respondidas, para que assim o profissional saiba o que foi bom e o que ele quer mudar e melhorar no ano seguinte.

Quero crescer onde estou

Se você está satisfeito no seu local de trabalho e na sua posição atual, o caminho então é planejar como agregar mais valor à organização onde já trabalha e como ampliar conhecimento para progredir ainda mais.
O primeiro passo para crescer na empresa onde está é conversar com seu chefe. Use a Avaliação de Desempenho (AD) para mostrar a ele suas habilidades e entender os seus GAPS, para correr atrás dos conhecimentos e atitudes que precisa melhorar. Se não tiver AD, peça um feedback, fale com seu chefe para saber o que ele pensa do seu trabalho e onde pode melhorar. A partir dessa conversa inicial com sua liderança direta, você mesmo também pode questionar:
– Quais são suas hard skills e soft skills e o que é necessário aprimorar?
– Precisa fazer algum novo curso técnico? Um curso de idiomas?
– Ou é necessário fazer algum tipo de treinamento para melhorar a atuação com equipe?
– Que novos projetos você pode apresentar?
– Que ideias de melhorias pode propor?
– Que pessoas precisa ter ao seu lado para conseguir isso?
Em cada cargo específico existem diferentes necessidades, então reveja que habilidades e competências podem lhe ajudar a fazer melhores entregas no novo ano.

Quero fazer uma mudança

Analisou 2018 e chegou a conclusão que está frustrado em sua área de atuação ou na empresa onde trabalha e quer partir para algo bem diferente? Este tipo de mudança exige ainda mais planejamento.
– Pesquise como está o mercado. Se quer ficar no mesmo segmento, veja as oportunidades de vagas, procure empresas onde gostaria de trabalhar e confira se estão contratando ou reduzindo pessoal. É importante começar por aí pra ver se realmente é hora de mudar ou esperar mais um pouco.
– Atualize as redes sociais com foco profissional. Se você deixou de lado o LinkedIn porque estava confortável em sua posição, este é o momento de colocar tudo em dia e mostrar o seu melhor com a atualização de suas informações.
– Não esqueça de manter seu networking em dia. Os contatos são sempre importantes, mas se quer mudar, eles se tornam ainda mais primordiais.
– Procure cursos que lhe proporcionem novas habilidades se quer trabalhar em outra área completamente diferente.

Quero empreender

Você cansou do mundo corporativo e resolveu que em 2019 quer empreender? Este passo também exige muita preparação e planejamento.
– Você já tem uma reserva financeiro pra isso? Se ainda não conseguiu se capitalizar, talvez seja melhor esperar um pouco mais e ser prudente.
– A dica de pesquisar o mercado também vale para quem quer empreender. Já tem uma área definida onde quer atuar? Existe demanda para este tipo de empreendimento no local onde você mora?
– Neste caso, antes de tentar planejar tudo sozinho, um bom ponto de partida pode ser o apoio do Sebrae, que oferece uma série de materiais e cursos para os novos empreendedores.

Movimento é fundamental

Lembre-se que independentemente do que você quer fazer em 2019, agir é fundamental. Seja para crescer onde está, mudar de carreira ou empreender, é preciso definir onde quer chegar e que ações precisa fazer para chegar lá.
Fazer novos cursos, buscar novas informações, fazer novos contatos é importante nas três situações. Achar que está bom como está, que já sabe o suficiente e se estagnar é um dos maiores erros possíveis. Uma vida profissional progressiva exige movimento e isso tem que ser feito pela própria pessoa. Não adianta esperar pelas chefias ou por alguém que lhe resgate para um lugar melhor. Cada um deve tomar as rédeas e ser responsável pelo desenvolvimento de sua carreira.

Gostou das dicas para fazer um planejamento profissional para 2019? Então compartilhe em suas redes sociais!

Saiba mais sobre orientação de carreira como os nossos programas aqui.
Paulo Sérgio de Souza Corrêa

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT