24 de setembro de 2021
  • 09:15 COMO CONQUISTAR E RETER TALENTOS
  • 11:19 DIVERSIDADE E INCLUSÃO NO AMBIENTE DE TRABALHO
  • 10:18 COMO ME PREPAREI PARA PASSAR O BASTÃO PARA AS MINHAS SUCESSORAS
  • 12:35 TRABALHO VOLUNTÁRIO DESENVOLVE VOCÊ E A SUA CARREIRA.
  • 14:07 É POSSÍVEL TRABALHAR E SER FELIZ NO MESMO LUGAR.

Começo de ano é uma época propícia para refletir e avaliar como você está se sentindo em relação ao trabalho atual. A vida é muito curta para ser desperdiçada trabalhando em algo que você não gosta ou para alguém que tenha valores incompatíveis com os seus. Se você está nesta situação, pare, pense um pouco e planeje sua mudança. Afinal, o trabalho precisa ser fonte de renda, mas também deve trazer prazer, aprendizado e evolução.

A primeira reflexão que você deve fazer é entender o que não está funcionando, se é o trabalho em si, a chefia ou a empresa. Ao identificar isso, analise se a possibilidade de mudar alguma variável pode alterar seu posicionamento. Muitas vezes, uma conversa franca ajuda a resolver muito da sua situação e alterar suas perspectivas. Fale sobre como você se sente e como poderiam juntos, a empresa/seu chefe/você, caminhar para uma mudança de atitude e direcionamento do seu trabalho.

Antes de partir em busca de um novo emprego, tente primeiro realmente fazer mudanças e ajustes onde está. Investir na melhoria desta relação pode ser um caminho mais prático e rápido. Afinal, você já conhece a empresa, as pessoas, já construiu uma trajetória ali e isso tudo deve ser levado em consideração.

Se isto não for possível ou se já tentou e não deu certo, então, arregace as mangas e vá a luta! Sabemos que existem altas taxas de desemprego e dificuldades para recolocação no mercado de trabalho, mas é preciso ter a mente aberta e expandir sua visão para as mais amplas possibilidades.

Emprego X Trabalho

Algo que você logo deve pensar é na questão da diferença entre emprego e trabalho. O emprego com carteira assinada e para um só empregador não é mais a única opção. Isto é algo que já vinha se desenvolvendo há muito tempo e que hoje é absoluta realidade. A economia GIG, (trabalhos temporários e freelancers) traz muitas oportunidades para profissionais que atuam por projetos, na prestação de serviços diversos e não só apenas para um cliente. Com a expansão do trabalho home office este modelo de trabalho deve se acelerar mais ainda. O que você faz que poderia gerar valor para outros? Como outros profissionais que atuam no mesmo ramo que você ou com base de conhecimento semelhante têm atuado? Pesquise, discuta, inspire-se. Se você conseguir identificar e fazer uma proposta de valor, pode certamente buscar novas formas de renda e de atividades que lhe tragam mais experiência e lhe deixem mais feliz.

Agora se a sua intenção é permanecer no mercado de trabalho como empregado, é importante se preparar para buscar novos desafios. Comece fazendo um bom currículo. E saiba que 90% dos recrutadores usam o LinkedIn para achar profissionais, deste modo, invista no desenvolvimento de uma boa apresentação lá e não esqueça do cuidado com as outras redes sociais.

Além disso, aprenda a usar sua network, que é sua rede de relacionamento. Todo mundo possui uma rede de contatos. Converse com os seus e informe que está em busca de novas oportunidades, você vai se surpreender como há indicações interessantes.

Você também precisa estar visível para o mercado por meio das consultorias de seleção. Procure essas empresas e cadastre seu currículo aplicando nas vagas para as quais julga ter assertividade. É importante frisar que você está concorrendo com centenas de profissionais, então nada de aplicar em todas as vagas. Seja seletivo e participe daquelas que realmente você possui os requisitos. Entenda ainda que é operacionalmente inviável para as consultorias e empresas entrevistar todos que se interessam, por isso elas fazem filtros e somente chamam para conversar os perfis mais aderentes. Em vez de ficar frustrado, procure alternativas e não coloque seus ovos numa única cesta.

Enfim, como diz a famosa frase “Insanidade é continuar fazendo a mesma coisa e esperar resultados diferentes”. Acredite em você, busque informações, aprenda, conecte-se, corra atrás do que lhe satisfaça mais e lhe faça crescer. Se você se dedicar, verá que a mudança é muito possível.

Gostou do artigo? Para mais dicas, acesse as redes sociais da KeepTalent.

LinkedIn   Facebook   Instagram  Blog

Paulo Sérgio de Souza CorrêaPaulo Sérgio de Souza Corrêa

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT